TomTom minimiza competição de software grátis e tem 4o tri forte

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010 19:52 BRST
 

AMSTERDÃ (Reuters) - A fabricante de equipamentos de navegação TomTom afastou a ameaça da competição de softwares gratuitos em telefones celulares após seus resultados do quarto trimestre superarem as estimativas.

Diante disso, a ação da empresa exibiu a maior alta entre as blue chips da bolsa de Amsterdã nesta quinta-feira.

As ações da TomTom chegaram a subir 12 por cento, a 6,08 euros, o maior valor em um mês, mas depois reduziram os ganhos, terminando o pregão com alta de 5,5 por cento, a 5,73 euros.

Os papéis tiveram fortes quedas desde o final de outubro, perdendo metade do seu valor depois que Google e Nokia disseram que poderiam fornecer sistemas de navegação gratuitos para smartphones.

"As ações podem refletir uma reviravolta (no sentimento) para o modelo de negócios da TomTom no longo prazo, após todas as notícias sobre Nokia a Google", disse o operador Geoffrey Leloux, da Keijser Capital.

De qualquer modo, o gestor Maarten Geels, da Eureffect, que possui ações da TomTom em nome de clientes, disse que desconfia se o modelo de negócios da TomTom é seguro.

A empresa holandesa informou um crescimento de 7 por cento no lucro líquido no quarto trimestre de 2009, excluindo itens excepcionais, para 75 milhões de euros (101,7 milhões de dólares).

A previsão média de analistas consultados pela Reuters era de lucro de 44 milhões de euros.

Apesar do forte resultado no trimestre, a companhia reportou quedas de dois dígitos no lucro e na receita no acumulado de 2009.   Continuação...