Facebook se junta a PayPal para facilitar pagamentos online

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010 16:41 BRST
 

Por Alexandria Sage

SAN FRANCISCO (Reuters) - PayPal e Facebook irão se unir para oferecer um sistema de pagamento online para os produtos virtuais vendidos na rede social, na esperança de lucrarem com o crescente mercado.

Sob o acordo, que não é exclusivo, anunciantes também poderão usar o PayPal, que é uma unidade do eBay, para adquirirem espaço publicitário no Facebook, que tira grande parte de sua receita desse tipo de anúncio.

No Facebook, usuários podem enviar presentes virtuais --como bolinhos, aviões e ursinhos que não existem na vida real-- para seus amigos usando um sistema de moeda virtual, que, essencialmente, se trata de dinheiro de brincadeira. Atualmente, usuários pagam por esses itens pelo cartão de crédito, mas agora, poderão usar o PayPal também.

O Facebook, que é uma empresa de capital fechado, não informou quanto de sua receita vem da venda desses produtos virtuais, um aplicativo que cresce aceleradamente e parece ser mais que só uma modinha.

O analista da BGC Partners, Colin Gillis, que chamou o acordo de "uma boa" para o PayPal, estima que o negócio pode render até 100 milhões de dólares ao Facebook.

"Isso é grande. Sabe qual a margem de lucro desse bolinho virtual?", disse Gillis.

O vice-presidente de novas tecnologias e plataformas do PayPal, Osama Bedier, afirmou que o valor do mercado global para produtos virtuais é de entre 3 e 6 bilhões de dólares, com taxa de crescimento de pelo menos 50 por cento ao ano.

"Iremos investir até que bastante nisso em 2010. É (um negócio) pequeno hoje, mas cresce extremamente rápido e acreditamos que será importante nos próximos dois ou três anos", disse ele.   Continuação...