Compra de passagens aéreas online cresce fora dos EUA

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 11:46 BRT
 

Por Kyle Peterson

NOVA YORK (Reuters) - O crescimento nas vendas de passagens aéreas na Internet está rapidamente se transferindo para mercados fora dos Estados Unidos, levando a uma corrida para impulsionar operações na Ásia e na América Latina, disseram os presidentes de duas importantes companhias de viagens online.

Dara Khosrowshahi, da Expedia, e Jeffery Boyd, da Priceline.com, concordaram, durante entrevistas no Reuters Travel and Leisure Summit no começo desta semana, que o crescimento além dos EUA é fundamental para suas estratégias de negócios.

Khosrowshahi, que aos 40 anos é chefe da maior agência de viagens online dos EUA, afirmou que espera que operações fora do país representem pelo menos metade dos negócios da Expedia daqui a cinco anos, ante os 37 por cento de hoje.

"A Europa é um grande mercado para nós. E, para nós, os mercados da Ásia-Pacífico e da América Latina são novos mercados emergentes", disse ele.

O valor das reservas feitas pela empresa subiu 26 por cento em 2009. Seus negócios internacionais aumentaram 38 por cento, enquanto que nos EUA houve crescimento de 19 por cento.

A Ásia-Pacíficoe a América Latina representam cerca de 5 por cento do valor total dos negócios da Expedia, mas a empresa espera dobrar essa participação nos próximos anos, segundo Khosrowshahi.

"Estamos investindo agressivamente na China e na Austrália, na Índia e no Brasil", afirmou.

Já seu rival, Boyd, de 53 anos, disse que cerca de dois terços dos negócios da Priceline estão fora dos EUA.   Continuação...