Norte-americanos são contra ser "amigo" do chefe no Facebook

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010 16:00 BRT
 

Por Michelle Nichols

NOVA YORK (Reuters Life!) - É um medo comum entre os usuários do Facebook e de outros sites de relacionamento ao redor do mundo -- como lidar com um pedido de amizade vindo do seu chefe ou do seu funcionário?

Uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira verificou que 56 por cento dos norte-americanos dizem ser irresponsabilidade ser amigo do chefe e 62 por cento afirmam que é errado ser amigo de um funcionário.

No entanto, 76 por cento acreditam que é aceitável ser amigo de um colega de trabalho, de acordo com uma pesquisa realizada com mil pessoas do Projeto Responsabilidade, do grupo Liberty Mutual.

"Quando os papéis mudam, o que você faz? Você deixa de ser amigo de alguém se ele virou seu chefe ou se agora você é o chefe dele?", disse a pesquisadora Kelly Holland.

"Entramos em algumas situações realmente difíceis em termos do que as pessoas consideram responsável", afirmou ela.

Ao usar as mídias sociais no trabalho, 73 por cento afirmam que não é apropriado atualizar o status do Facebook, 82 por cento dizem que não se deve postar fotos, 72 por cento acreditam que "tweetar" é errado e 79 por cento dizem que não é aceitável assistir a vídeos online.

Mesmo assim, 66 por cento afirmam que verificar o email pessoal no trabalho não tem problema.

"Quando as pessoas concentram-se na responsabilidade, sabem quais são as coisas responsáveis a fazer, mas se elas estão de fato fazendo isso é uma história diferente", disse Holland.   Continuação...