Maloney, possível herdeiro do comando da Intel, sofre derrame

terça-feira, 2 de março de 2010 09:41 BRT
 

Por Ian Sherr

SAN FRANCISCO (Reuters) - O co-diretor da principal divisão de produtos da Intel, visto como potencial sucessor do presidente-executivo Paul Otellini, sofreu um derrame em sua casa e terá uma licença médica de alguns meses.

A Intel anunciou na segunda-feira que a expectativa é de que Sean Maloney retome seus deveres regulares depois de um período de recuperação que pode demorar diversos meses. O prognóstico para sua recuperação é "excelente", de acordo com a empresa.

Analistas disseram que a companhia estava preparando Maloney, 53, vice-presidente executivo e diretor-geral do Intel Architecture Group, como um dos diversos possíveis sucessores de Otellini, 59.

Maloney, um dos mais frequentes porta-vozes da maior fabricante mundial de chips, participante regular do circuito de conferências setoriais e respeitado especialista em tecnologia, tem talento especial para o marketing, de acordo com analistas.

"Sempre o vi como o coração e alma do marketing da Intel", disse o analista Patrick Wang, da Wedbush Morgan. "Ele tem um forte comando da direção em que o mercado e a tecnologia se encaminhariam. E sabe como transmitir a mensagem da empresa sem parecer corporativo demais."

Durante sua licença, ele será substituído por Dadi Perlmutter, o outro diretor-geral do Architecture Group.

"Ele já trabalha em parceria com Dadi Perlmutter, de modo que não haverá qualquer perturbação", disse o porta-voz da Intel Chuck Mulloy.

Embora os dois portem o título de diretores-gerais, as responsabilidades de Perlmutter abarcam engenharia e projeto e as de Maloney as operações de negócios, das vendas ao marketing e investimentos.   Continuação...