Vendas da UMC em fevereiro mostram recuperação sólida de chips

terça-feira, 9 de março de 2010 16:16 BRT
 

TAIPÉ (Reuters) - Vendas fortes em fevereiro da taiuanesa UMC mostraram novos sinais de recuperação do setor de chips guiada por crescente demanda por computadores e outros aparelhos eletrônicos de alta tecnologia, uma tendência que pode se repetir no segundo trimestre.

A UMC e a líder do setor TSMC estão correndo para aumentarem investimentos este ano para produzirem um volume maior de chips que usam tecnologias mais avançadas, incentivando a recuperação do setor após a crise do ano passado.

"O investimento deles será usado para subirem na escada tecnológica e nós realmente não temos que nos preocupar muito com excesso de oferta", afirmou a analista Tiffany Chen, da KGI Securities.

A United Microelectronics Corp teve vendas de 8,635 bilhões de dólares de Taiwan (270 milhões de dólares) no mês passado, mais do que o dobro do registrado um ano antes. O nível ficou estável em relação ao de janeiro.

Nos primeiros dois meses do ano, as vendas da UMC somaram 17,2 bilhões de dólares de Taiwan, também mais que o dobro do apurado no primeiro bimestre de 2009.

No primeiro trimestre, a UMC afirmou que espera vendas de wafers de silício estáveis em relação ao período de outubro a dezembro, enquanto a média de preços deve cair menos de 3 por cento.