Vendas do Google Nexus One ficam abaixo de Apple e Motorola

terça-feira, 16 de março de 2010 16:04 BRT
 

Por Alexei Oreskovic

SAN FRANCISCO (Reuters) - As vendas iniciais do celular Nexus One, do Google, foram significativamente inferiores às do Apple iPhone e do Motorola Droid, informou uma empresa de pesquisas na terça-feira.

De acordo com um relatório da Flurry, o Google vendeu cerca de 135 mil de seus celulares Nexus One nos primeiros 74 dias do aparelho no mercado, ante um milhão de iPhones no caso da Apple e 1,05 milhão de Droids, da Motorola, no mesmo prazo. O Motorola Droid usa software do Google.

As estimativas de vendas, que a Flurry diz ter baseado em aplicativos utilizando sua tecnologia analítica baixados para a maioria dos celulares, sugerem um início menos que brilhante para o plano do Google de expandir seu papel no setor de telefonia móvel.

O Google lançou o Nexus One, desenvolvido com a HTC, uma fabricante de celulares de Taiwan, em janeiro; foi a primeira vez que a gigante das buscas da Internet colocou um aparelho à venda diretamente para os consumidores.

Mas o Nexus One, ao contrário do iPhone e do Droid, só está à venda na Web e não pode ser encontrado no varejo convencional. O Google também concentrou sua publicidade para o aparelho exclusivamente na Internet, e não realizou as campanhas televisivas de destaque que apoiaram o lançamento do iPhone e do Droid.

Aaron Kessler, analista do Kaufman Brothers, disse que sua suposição seria a de que o Google venderia mais de 135 mil unidades.

"Fica claro que o Google não está esperando arrecadar muito dinheiro com a comercialização do aparelho. Não parece que a empresa tem grandes expectativas com ele," disse Kessler.

Mas ele apontou que a estratégia mais ampla do Google para o setor de comunicação móvel é expandir a base geral de aparelhos dos diversos fabricantes que empregam o software Android para celulares inteligentes.

De acordo com recente relatório da comScore, a participação de mercado dos celulares inteligentes equipados com o Android cresceu a 7,1 por cento em janeiro nos Estados Unidos, ante 2,8 por cento em outubro de 2009.