Astronautas dos EUA e Rússia voltam à Terra da estação espacial

quinta-feira, 18 de março de 2010 12:19 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - Uma cápsula espacial Soyuz russa transportando um astronauta norte-americano e um cosmonauta russo pousou com segurança no Cazaquistão, nesta quinta-feira, retornando da Estação Espacial Internacional.

A cápsula -- transportando o comandante da Expedição 22, Jeff Williams, e o engenheiro de voo Maxim Suraev -- pousou como planejado em uma área próxima à cidade de Arkalyk, no norte do Cazaquistão, segundo o Controle da Missão na Rússia.

"A cápsula de descida do Soyuz TMA-16 pousou", informou o Controle de Missão localizado fora de Moscou, diante de aplausos de autoridades espaciais e membros do controle. "A cápsula está deitada de lado".

A cápsula, queimada por causa da re-entrada na atmosfera, terminou uma viagem de três horas e meia à Terra criando uma nuvem de poeira, depois de ativar amortecedores que suavizaram pouso.

"A tripulação está segura. Disseram que estão de ótimo humor", disse à Reuters uma autoridade do Controle da Missão por telefone alguns minutos após a chegada, enquanto equipes de resgate abriam o alçapão da cápsula e preparava check-ups médicos para a tripulação.

Três homens continuam a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) de 100 bilhões de dólares e investimento de 16 países: o engenheiro de voo dos EUA Timothy Greamer, o engenheiro de voo japonês Soichi Noguchi e o engenheiro de voo russo Oleg Kotov.

A expedição, a 23a até hoje e liderada por Kotov, aumentará para seis tripulantes no dia 4 de abril, quando três novos integrantes -- os russos Alexander Skvortsov e Mikhail Korniyenko e a astronauta norte-americana Tracy Caldwell Dyson -- chegarão à ISS em uma nave espacial Soyuz.

A Rússia transportará todos os tripulantes à ISS em suas naves espaciais Soyuz, feitas para serem usados uma única vez, depois que a agência espacial norte-americana, a Nasa, aposentar sua frota de ônibus espaciais até o final do ano.

(Reportagem de Dmitry Solovyov)

 
<p>Comandante dos EUA na Expedi&ccedil;&atilde;o 22, Jeff Williams, sorri depois de pousar a c&aacute;psula espacial russa Soyuz TMA-16, junto com outro cosmonauta russo chegando da Esta&ccedil;&atilde;o Espacial Internacional, chegando ao norte do Cazaquist&atilde;o. 18/05/2010 REUTERS/Alexander Nemenov/Pool</p>