MercadoLibre retorna para Europa com site em Portugal

quarta-feira, 24 de março de 2010 12:02 BRT
 

Por Alberto Alerigi Jr.

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de comércio eletrônico MercadoLibre (no Brasil, MercadoLivre) anunciou nesta quarta-feira abertura de site em Portugal, marcando um retorno da companhia à Europa quase 10 anos depois de ter encerrado uma operação na Espanha.

A abertura do site www.mercadolivre.pt acontece, porém, em um momento de crise do país europeu e no mesmo dia em que a agência de classificação de risco Fitch reduziu a nota da dívida soberana do país de "AA" para "AA-", motivando queda na Bolsa de Lisboa.

Apesar disso, o MercadoLibre, um dos maiores sites de vendas online da América Latina, com faturamento de 173 milhões de dólares em 2009, enxerga oportunidades na volta ao velho continente, após vivenciar uma série de crises econômicas em sua região de origem na última década.

"A crise pela qual passa a Europa é uma crise que vivemos por aqui e a América Latina é muito mais volátil que a Europa (...) Apesar da crise, Portugal é um país com potencial para gerar receita para o grupo", afirmou o vice-presidente de operações do grupo MercadoLibre, Stelleo Tolda, à Reuters.

Ele lembrou a crise na Argentina no final de 2001, em que o governo decretou moratória da dívida do país e pouco depois limitou saques de contas correntes da população.

"As pessoas na Argentina não tinham acesso ao dinheiro e uma das formas que encontraram de conseguir recursos foi vender no site", disse Tolda. "Uma plataforma como a nossa dá oportunidades de negócios para as pessoas."

O site de Portugal, que será operado a partir do Brasil, é o 13o do grupo e foi aberto depois que a empresa manteve entre 2000 e 2002 um endereço online na Espanha.

Tolda afirmou que os serviços oferecidos aos portugueses serão gratuitos "no início" e a empresa não cobrará taxas de anúncio e comissões por itens vendidos pelos usuários, que representam a maior parte do faturamento em países como o Brasil.   Continuação...