Ações da Palm sobem após corretora elevar recomendação

sexta-feira, 26 de março de 2010 18:34 BRT
 

(Reuters) - As ações da Palm tiveram valorização de 5 por cento nesta sexta-feira, após a BMO Capital Markets elevar sua recomendação de "abaixo da média" para "em linha com o mercado", afirmando que a fabricante de smartphones deve acabar protagonizando uma fusão com alguma outra produtora de aparelhos.

A Palm é hoje pequena demais para competir sozinha com a forte concorrência no setor e seu sistema operacional WebOS, desenvolvido pela própria empresa, perdeu seu valor como diferencial, afirmou o analista Tim Long em relatório.

"O objetivo para a Palm é, provavelmente, se unir a uma fabricante que queira o controle de seu sistema operacional e possa alavancar sua marca e sua plataforma de distribuição", disse Long.

A Palm enfrenta muitos desafios, como sua constante perda de participação no crescente mercado de smartphones, e isso afeta o preço de sua ação, segundo o analista.

(Reportagem de Saqib Iqbal Ahmed, em Bangalore)