Brasil propõe que Uruguai adote padrão japonês de TV digital

terça-feira, 30 de março de 2010 17:28 BRT
 

MONTEVIDÉU (Reuters) - O Uruguai pode revisar sua escolha do sistema europeu de televisão digital porque algumas promessas não foram cumpridas pelo bloco, ao mesmo tempo que estuda a proposta do Brasil para adotar o padrão japonês escolhido por outros países latino-americanos.

O presidente do Uruguai, um dos poucos países no continente a optar pelo sistema europeu, se reuniu na segunda-feira com o presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva.

"Já faz alguns anos que decidimos acompanhar a Europa tecnologicamente. Iríamos criar um laboratório de investigação da matéria com o apoio da Europa, obviamente, mas não tem sido assim", disse Mujica em seu programa de rádio.

"Hoje, nos é pedido (por parte de Brasil) que participemos, que voltemos a página, e nós, obviamente, temos que discutir com a Europa, mas, por outro lado, temos que discutir com o Brasil para esclarecer o que nos é pedido, o que nos é oferecido", acrescentou o presidente.

O Brasil já realizou alterações no sistema de televisão digital japonês, escolhido também por Argentina, Chile, Equador, Peru e Venezuela.

Na América do Sul -além do Uruguai- somente a Colômbia optou pelo sistema europeu.

Segundo a imprensa local, semanas atrás, o Brasil ofereceu ao governo uruguaio apoio financeiro para desenvolver projetos de telecomunicações por cerca de 50 milhões de dólares, caso escolha o sistema japonês, ISDB-T.

(Reportagem de Conrado Hornos)