Ações de Apple e Verizon avançam por possível acordo de iPhone

terça-feira, 30 de março de 2010 19:12 BRT
 

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO (Reuters) - As ações da Apple e da Verizon Communications registraram alta nesta terça-feira em Nova York devido a sinais de que o iPhone possa, finalmente, ser vendido também pela operadora Verizon Wireless.

A AT&T tem um contrato de exclusividade nos Estados Unidos pelo iPhone desde seu lançamento em 2007, mas analistas afirmam que, embora a Apple esteja planejando trazer o aparelho à Verizon Wireless, maior operadora de telefonia móvel dos EUA, o que certamente irá ajudar ambas as companhias, a medida não deve necessariamente prejudicar a AT&T como alguns esperam.

As ações da Verizon avançaram 2,6 por cento, enquanto as da Apple tiveram valorização de 1,5 por cento. Já as da AT&T caíram 2,1 por cento.

Os papéis de fabricantes de smartphones concorrentes também registraram queda, incluindo a Research in Motion (RIM), fabricante do BlackBerry, a Palm, de Pre e Pixi, e a Motorola, do Droid.

O Wall Street Journal informou que a Apple parece estar desenvolvendo um iPhone CDMA para a Verizon, e uma fonte afirmou à Reuters que a Pegatron, subsidiárias da Asustek, de Taiwan, recebeu encomendas para produzir um iPhone CDMA, embora não esteja claro ainda se este seria para a rede da Verizon, uma vez que a operadora Sprint Nextel também usa o padrão CDMA.

A Pegatron fará entregas do aparelho a partir do ano que vem, segundo a fonte.

O analista Chris Larsen, da Piper Jaffray, disse que espera que a Apple lance em 2011 um iPhone compatível tanto com CDMA quanto com a rede de alta velocidade Long Term Evolution, ou LTE, que a Verizon está desenvolvendo.

(Reportagem de Gabriel Madway e Paul Thomasch)