Gastos com publicidade online da Grã-Bretanha sobem 4,2% em 2009

terça-feira, 30 de março de 2010 20:45 BRT
 

Por Kate Holton

LONDRES (Reuters) - A publicidade online na Grã-Bretanha cresceu 4,2 por cento em 2009, superando o desempenho do mercado como um todo no país, embora a uma taxa bem menor que a de 2008, sustentada pela demanda por anúncios pagos baseados em buscas e vídeos, segundo relatório divulgado nesta terça-feira.

De acordo com o relatório conjunto do Internet Advertising Bureau e da PricewaterhouseCoopers, o setor sobreviveu à crise econômica e teve um segundo semestre positivo, permitindo que os gastos com publicidade online crescessem para 3,5 bilhões de libras (5,3 bilhões de dólares).

A alta, no entanto, ficou bem abaixo dos 17,1 por cento registrados em 2008, mas ainda foi melhor na comparação com o mercado de publicidade britânico como um todo, que teve retração de 13 por cento em 2009, segundo estimativa de dezembro da ZenithOptimedia.

A ZenithOptimedia também previu uma queda de cerca de 2 por cento para o mercado em 2010.

O setor foi dominado por resultados de buscas pagos, tipo de publicidade online que cresceu 9,5 por cento, para 2,15 bilhões de libras, e representou 60,7 por cento de todos os gastos com publicidade online, compensando uma pequena queda de 4,4 por cento nos gastos com banners, segundo o relatório.

Os gastos com banners e anúncios tradicionais de Internet caíram apesar de um aumento de 140 por cento em anúncios em vídeo, comerciais apresentados antes, depois ou durante um vídeo na Internet, algo que está se tornando cada vez mais profissional e popular na Web.