Presidente da Samsung quer nova unidade de produção de chips

segunda-feira, 5 de abril de 2010 09:28 BRT
 

SEUL, 5 de abril (Reuters) - A Samsung Electronics afirmou nesta segunda-feira que ainda irá decidir se os investimentos em chips de memória serão ampliados, após um jornal informar que o presidente do grupo fez essa solicitação à companhia.

A Samsung, que considera seriamente aumentar seu investimento de 5,5 trilhões de wons em chips de memória este ano, disse que nenhuma decisão foi tomada até o momento, mas que as vendas de computadores acima do esperado e a demanda da China levaram investidores a apostar em um aumento de desembolsos.

"Nada foi decidido ainda e manteremos os investimentos flexíveis", disse uma porta-voz da Samsung.

O jornal Maeil Business publicou nesta segunda-feira, citando fontes da indústria, que Lee Kun-hee, que voltou a ocupar a presidência da Samsung em março, havia solicitado ao grupo a criação de uma nova linha de produção de chips. A empresa realizaria uma cerimônia de inauguração da nova instalação no próximo mês, segundo o jornal.

Conforme o setor de chips se recupera rapidamente de sua pior crise nos últimos anos, as empresas estão pisando no acelerador para elevar investimentos, embora os recursos tenham sido destinados principalmente à migração para tecnologia de processamento mais avançada, buscando a redução de custos.

A Samsung, que deve divulgar prévia de desempenho operacional do primeiro trimestre nesta semana, disse no mês passado que espera vendas e lucro operacional recordes este ano.