Hideo Kijima, visionário dos games: "o console está morrendo"

quarta-feira, 7 de abril de 2010 10:44 BRT
 

Por Kevin Krolicki

TÓQUIO (Reuters) - Hideo Kojima, um dos criadores mais famosos no mundo dos games, vê o futuro do entretenimento digital fora da caixa --de qualquer caixa.

Kojima, cuja série "Metal Gear Solid" vendeu mais de 27 milhões de cópias, afirma que o futuro do videogame está nas redes que libertarão os jogadores dos consoles, iguais aos fabricados pela sua parceira Sony.

"No futuro próximo, teremos jogos que não dependerão de qualquer plataforma", disse Kojima em conferência para anunciar o mais recente capítulo da saga que começou em 1987.

"Os jogadores devem ser capazes de levar sua experiência de jogo quando viajarem --onde quer que estejam e onde quiserem jogar. Deve ser o mesmo software e a mesma jogabilidade", explicou.

Kojima detalhou, no evento em Tóquio, os planos para o lançamento em abril de "Metal Gear Solid: Peace Walker", um jogo que ele desenvolveu e dirigiu a ser lançado pela Konami Corp para o portátil PSP.

A previsão de um futuro sem consoles para uma figura tida como uma máquina criativa e dínamo comercial pareceram ter mexido com um executivo da Sony no evento.

"É uma previsão arrojada", disse o presidente da Sony Computer Entertainment Japan Hiroshi Kawano a repórteres, com um sorriso nervoso. "Esperamos que ele continue a desenvolver para plataformas, mas respeitamos imensamente sua percepção de tomar desafios".

"Metal Gear Solid: Peace Walker" chega às prateleiras japonesas no fim de abril e na Europa e Estados Unidos em junho.   Continuação...