Sharp e Panasonic aumentam produção de telas LCD, diz jornal

sexta-feira, 9 de abril de 2010 18:52 BRT
 

(Reuters) - A Sharp e a Panasonic começarão a operar suas novas fábricas de telas LCD em capacidade de produção máxima no próximo trimestre, acelerando seus planos devido à forte demanda, informou o jornal de negócios japonês Nikkei.

A fábrica da Sharp em Sakai deve começar a produção de uma nova linha de produtos em julho, e não mais em outubro, como havia planejado anteriormente, para dobrar a capacidade de produção da unidade, afirmou o jornal sem citar fontes.

A fábrica deve produzir telas o suficiente para 1,3 milhão de televisores de 40 polegadas a cada mês, segundo o Nikkei.

A empresa teria adiantado seus planos em resposta a pedidos de clientes, fabricantes de TVs como Sony e Toshiba, para aumentar a produção.

A Sharp também planeja aumentar a capacidade de produção mensal da atual linha produzida pela planta de Sakai em 10 por cento ao melhorar a eficiência de produção, de acordo com o jornal.

Já a Panasonic planeja começar as operações de sua fábrica em Himeji neste mês, três meses antes do planejado, com capacidade máxima de produção a partir de julho, informou o Nikkei.

Com esta nova unidade, a empresa poderá produzir telas o suficiente para 1 milhão de televisores de 32 polegadas por mês, 60 por cento a mais que sua atual capacidade de produção.

(Reportagem de Bijoy Koyitty em Bangalore)