Criador da linguagem de programação Java deixa a Oracle

segunda-feira, 12 de abril de 2010 16:20 BRT
 

BOSTON (Reuters) - James Gosling, criador da linguagem de programação Java e um dos funcionários mais importantes da Sun Microsystems, recentemente adquirida pela Oracle, deixou a companhia.

Gosling, que anunciou a saída em seu blog pessoal na sexta-feira, não quis dar detalhes sobre o motivo de sua decisão.

"Sobre por que eu saí, é difícil responder: Praticamente tudo o que eu dissesse que fosse preciso e honesto prejudicaria mais que ajudaria", disse Gosling.

Ainda não está claro se sua saída terá algum impacto sobre os planos da Oracle de desenvolvimento do Java, uma das linguagens de computação mais usadas em todo o mundo.

O presidente-executivo da Oracle, Larry Ellison, já afirmou que pretende aumentar o investimento na linguagem, considerada o ativo em software mais importante que sua empresa jamais adquiriu. A porta-voz da Oracle, Karem Tillman, não quis comentar a renúncia.

Gosling é um dos funcionários mais famosos da Sun a deixar a Oracle desde que a terceira maior fabricante de softwares do mundo completou a aquisição de 7,5 bilhões de dólares da Sun Microsystems em janeiro. Seu cargo era de vice-presidente de tecnologia do grupo de cliente software da Oracle.

O presidente-executivo da Sun, Jonathan Schwartz, e seu presidente de conselho, Scott McNealy, também deixaram a empresa.

(Reportagem de Jim Finkle; reportagem adicional de Ian Sherr em San Francisco)