Google e Yahoo contra-atacam Xerox em processo de patentes

sexta-feira, 16 de abril de 2010 14:23 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - O Google, seu serviço de vídeo YouTube e o Yahoo registraram seus contra-argumentos frente a um processo movido pela Xerox, que os acusa de violação de patentes de gerenciamento de documentos da empresa em buscas na Internet.

Na quinta-feira, em processo no tribunal federal de Delaware, os acusados declararam que não violaram as duas patentes em questão e que, no caso de invalidez da patente, esta não pode ser requerida pela Xerox.

A Xerox processou o Google, YouTube e Yahoo em fevereiro, alegando que serviços como o Google Maps, YouTube e AdSense, assim como ferramentas de Internet como o Yahoo Shopping, violam duas patentes registradas em 2001.

De acordo com o processo, a Xerox sustenta que suas patentes cobrem tecnologias como sistemas para geração de pesquisas para informações relacionadas a documentos e métodos de integração de informação de documentos e outros dados.

A Xerox requer indenização por violações anteriores e que os acusados parem de utilizar a tecnologia.

(Reportagem de Jonathan Stempel)