Ações do Google tombam com especulação sobre presidente

sexta-feira, 16 de abril de 2010 15:16 BRT
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos, 16 de abril (Reuters) - O Google via suas ações despencarem mais de seis por cento nesta sexta-feira depois que os resultados da companhia decepcionaram as previsões mais otimistas de Wall Street. Alguns analistas citam ainda preocupações sobre ausência de Eric Schmidt em teleconferências de resultados.

Na quinta-feira, a companhia divulgou que o presidente-executivo do Google, Schmidt, não vai mais participar de teleconferências com investidores sobre resultados trimestrais da empresa. Em nota a clientes, o analista George Askew, da Stifel Nicolaus, afirmou que a ausência de Schmidt é "preocupante".

"Os investidores consideram isso significativo, gera outro nível de especulação, coloca mais lenha no fogo", afirmou o analista Colin Gillis, da BGC Financial. "As pessoas estão preocupadas de que há algo errado."

O vice-presidente financeiro, Patrick Pichette, negou qualquer problema interno e pediu aos investidores para não lerem além do fato de que o Google está tentando "aperfeiçoar" o processo.

O Google divulgou alta de 23 por cento na receita trimestral com uma retomada nos investimentos em publicidade na Web. Mas a empresa não atendeu às expectativas mais otimistas de Wall Street e de investidores acostumados a ver balanços espetaculares da líder das buscas na Internet.

Resultados acima do esperado e comentários otimistas da Intel nesta semana também ajudaram a catapultar a performance de ações do setor de tecnologia nesta semana.

"A reação reflete expectativas que tinham crescido para além do que foi publicado", afirmou o analista Steve Weinstein, da Pacific Crest Securities. "Os números foram muito bons e sinalizam o momento positivo dos negócios."

(Por Ian Sherr, Gabriel Madway e Manasi Phadke)