Gastos com 3G na China desacelera no 1o tri para US$880 milhões

quinta-feira, 22 de abril de 2010 15:56 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China gastou mais de 6 bilhões de iuan (880 milhões de dólares) com a expansão de sua rede 3G no primeiro trimestre, afirmou o governo nesta quinta-feira, investindo apenas um terço em seu padrão local TD-SCDMA.

As três operadoras chineses investiram cerca de 21 bilhões de dólares em suas redes 3G em 2009, após passar por um lento processo de licenciamento no começo do ano.

A China Mobile continua dominando o setor de 3G, com 42 por cento de todos seus assinantes usando a rede, enquanto suas concorrentes menores, China Telecom e China Unicom, contam com 30,8 por cento e 26,7 por cento, respectivamente.

O serviço registrou mais de 4,8 milhões de novos assinantes entre janeiro e março deste ano, segundo o porta-voz do Ministério de Tecnologia da Informação e Industrial em coletiva de imprensa. O número total de usuários da rede 3G na China é, portanto, 18 milhões.

Como outras empresas do tipo em mercados mais desenvolvidos, operadoras de celular chineses estão recorrendo a serviços adicionais, como dados, para impulsionar suas receitas em meio a um cenário de crescimento da penetração de celulares.

(Reportagem de Shao Xiaoyi)