HP lança servidores caros com aquecimento do mercado empresarial

terça-feira, 27 de abril de 2010 09:32 BRT
 

Por Gabriel Madway

SAN FRANCISCO (Reuters) - A Hewlett-Packard planeja lançar uma linha de servidores de alto custo para atender empresas que utilizam aplicativos complexos.

A HP, maior companhia mundial de tecnologia por receita, disse que os novos servidores Integrity e seu software de apoio ajudam a simplificar a gestão, reduzem custos e contêm a expansão das centrais de processamento de dados ao oferecer uma estrutura "convergida."

As empresas preocupadas com custos devem diminuir o controle sobre seus orçamentos de tecnologia em algum momento de 2010, especialmente se atualizações e novos equipamentos prometerem oferecer mais eficiência e redução de custos.

Mas o lançamento acontece em meio à competição intensificada e consolidação entre os principais players da tecnologia, que cada vez mais disputam entre si a liderança nas centrais empresariais de processamento de dados.

A fabricante de equipamento para redes Cisco Systems entrou no mercado de servidores no ano passado, e a gigante do software empresarial Oracle, com a aquisição da Sun Microsystems, também chegou ao segmento de servidores de alto custo.

Os novos servidores Integrity da HP são dirigidos a setores como de serviços financeiros, indústria, telecomunicações e saúde, para funções consideradas "essenciais," nas quais uma falha sistêmica pode custar milhões de dólares.

David Donatelli, que comanda a divisão de servidores, armazenagem e equipamento para redes empresariais da HP, disse que a empresa tem capacidade de oferecer aos clientes uma linha completa de produtos para centrais de processamento de dados, todos operando com uma plataforma comum.

A HP informou que os servidores Integrity --incluindo a classe Superdome, de preço mais elevado em sua linha-- terão infraestrutura comum com equipamentos padronizados mais baratos, o que se traduz em forte economia em termos de componentes e manutenção.

"Somos a única empresa do mercado que desenvolve servidores, equipamentos para redes e produtos de armazenagem próprios," disse Donatelli. "Por isso, estamos desenvolvendo a infraestrutura de maneira completamente diferente da que existia no passado."