LG espera alta de vendas de TVs e de lucro com Copa do Mundo

quarta-feira, 28 de abril de 2010 11:51 BRT
 

Por Miyoung Kim

SEUL (Reuters) - A LG Electronics, segunda maior fabricante mundial de televisores, alertou que o lucro da unidade de celulares pode ter uma recuperação lenta, mas espera que a Copa do Mundo impulsione as vendas de televisores e os lucros do próximo trimestre.

A LG tem visto seus negócios com celulares sofrer este ano, ficando atrás da Nokia e Samsung Electronics. No ramo de TVs, a empresa concorre com Sony e Panasonic.

O presidente-executivo, David Jung, disse a analistas que a unidade de celulares da LG é "prioridade" e que a empresa planeja apresentar modelos mais competitivos neste trimestre, apesar de que possa levar "um pouco mais de tempo" para de fato melhorar a lucratividade.

"Os negócios com eletrodomésticos e TVs estão com um bom desempenho e a margem da unidade de celulares devem chegar ao limite inferior", disse Kim Ji-san, analista na Kiwoom Securities.

A divisão de TVs da LG voltou ao azul no quarto trimestre e correspondeu por cerca de 40 por cento do total do grupo, enquanto o lucro com celulares chegaram a um décimo do visto um ano atrás, contando como menos de 1 por cento do total.

"A demanda geral para eletrodomésticos está forte e esperamos que os sólidos resultados se mantenham até o fim do ano... e nossa unidade de TVs também pode se sair melhor que a expectativa do mercado", afirmou Jung.

A LG afirmou que seu lucro operacional entre janeiro e março, incluindo lucros nas unidades estrangeiras, subiu 4,7 por cento, para 489 bilhões de wons (440,5 milhões de dólares), dentro do estimado pelo mercado.

A fabricante espera que as vendas de televisores continuem fortes este trimestre antes da Copa do Mundo, com maiores exportações de modelos mais avançados de TVs LEDs.