Microsoft reitera crítica de Apple a Adobe Flash

sexta-feira, 30 de abril de 2010 20:22 BRT
 

BOSTON (Reuters) - A Microsoft se uniu à arquirrival Apple na crítica ao popular software multimídia da Adobe Systems, Flash, gerando uma rara ligação entre as duas gigantes da computação.

O presidente-executivo da Apple, Steve Jobs, fez duras críticas ao Flash, usado em vídeos e games em diversos sites na Internet, na quinta-feira. A Apple bloqueia o uso do programa em seus aparelhos iPhone e iPad.

Um executivo da Microsoft comentou que, embora a onipresença do software facilite o acesso de consumidores a vídeos na Web, a tecnologia é falha.

"O Flash tem alguns problemas, especialmente em relação a instabilidade, segurança e desempenho", disse o gerente de operações do navegador Internet Explorer, Dean Hachamovitch.

Ele afirmou que a Microsoft apoia os mesmo protocolos de conteúdo multimídia na Internet que a Apple promove, um padrão conhecido como HTML5.

Mas a Microsoft foi mais conciliatória que a Apple em relação à Adobe, afirmando que trabalha com programadores do Flash para ajudar a consertar erros no programa.

(Reportagem de Jim Finkle)