Apple segue com estratégia para iPad e lança versão 3G nos EUA

segunda-feira, 3 de maio de 2010 10:24 BRT
 

SAN FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - No segundo estágio de um lançamento em duas fases, a Apple começou a vender nos Estados Unidos na sexta-feira uma versão mais cara do iPad equipada com acesso 3G, depois do bem sucedido lançamento da versão com rede WiFi no começo de abril.

Ainda que o evento não tenha atraído o interesse ou entusiasmo do lançamento, em 3 de abril. Algumas das lojas Apple em grandes cidades dos EUA viram número considerável de consumidores chegando para o lançamento da nova versão.

Em uma loja no centro de San Francisco, cerca de 75 pessoas formaram fila por 90 minutos antes que o iPad fosse colocado à venda.

Diversas pessoas declararam ter esperado pela versão mais cara do tablet da Apple porque a viam como potencial substituto de seus laptops, pelo menos em algumas situações.

"Vou levá-lo comigo para toda parte; já levo meu laptop para todo o lugar e ele certamente substituirá o notebook em muitos casos", disse Long Nguyen, 22, que trabalha com reparos de equipamentos de informática e era o primeiro da fila.

O modelo 3G, que também é compatível com WiFi, tem preço inicial de 629 dólares, e a versão mais cara fica em 829 dólares. O iPad equipado apenas com WiFi tem preço inicial de 499 dólares.

O iPad, dotado de uma tela de 9,7 polegadas, é essencialmente uma combinação entre laptop e celular inteligente. O objetivo é que sirva como aparelho para consumo de mídia, tanto vídeos quanto jogos, livros e revistas eletrônicos, e navegação na Web.

Mas alguns dos usuários afirmam que esperam poder usá-lo também no trabalho por ser leve e fino.

"Viajo muito a trabalho e tenho muitos projetos de campo, de modo que ele seria útil para coisas como essas", disse Gary Riley, 36, engenheiro ambiental.