Videogames também contribuem na reconstrução do Chile

segunda-feira, 10 de maio de 2010 19:19 BRT
 

SANTIAGO (Reuters) - Após o devastador terremoto que atingiu o Chile no final de fevereiro, programadores de videogame locais decidiram arrecadar fundos para ajudar a população prejudicada da forma que conhecem: levando às telas de todo o mundo um jogo que simula a reconstrução de uma zona devastada.

O dinheiro arrecadado pelo game Rebuild Chile será entregue ao Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e será destinado a ajudar as crianças das zonas afetadas pelo terremoto de magnitude 8,8 que devastou a região centro-sul do Chile.

A primeira meta é arrecadar 1 milhão de dólares, segundo o site do jogo www.rebuildchilegame.com.

"Decidimos usar o jogo como forma de repassar uma mensagem de esperança de que, depois do desastre que é um terremoto, vem o momento da reconstrução e que todos podem trabalhar", disse à Reuters o diretor do projeto, Alvaro Quezada.

No game --que tem várias fases de dificuldade-- uma escavadeira deve retirar escombros para poder reconstruir uma zona devastada de forma eficiente.

"Todos podem ajudar a reconstruir com inteligência, com esforço, com trabalho e também com recursos", acrescentou Quezada.

Rebuild Chile já pode ser jogado na Internet e no iPhone, enquanto são criadas versões para consoles como Xbox e outros modelos de celular.

(Reportagem de Rodrigo Gutiérrez)