Intel está confiante sobre crescimento da companhia

terça-feira, 11 de maio de 2010 18:12 BRT
 

SANTA CLARA, Califórnia (Reuters) - A Intel espera ver seus lucros dobrarem nos próximos dois anos, uma vez que a maior fabricante de chips do mundo planeja estender seu alcance em PCs para outros produtos eletrônicos como smartphones e televisores.

O presidente-executivo da companhia, Paul Otellini, disse a investidores nesta terça-feira que a Intel está ansiosa para entrar em mercados crescentes, mas extremamente competitivos, diversificando além do mercado de computação, que a empresa já domina.

"Estamos preparados para levar o 'smart computing' para segmentos totalmente novos onde ainda não foi", disse Otellini na reunião anual da empresa com investidores, na sede da Intel na Califórnia.

A empresa também afirmou que continua "muito confiante" de que irá atingir suas metas financeiras para o atual trimestre, apesar das crescentes preocupações com as economias europeias e a crise financeira da Grécia.

Otellini disse nesta terça-feira que vê um crescimento de dois dígitos na receita e lucro anuais da Intel nos próximos anos, após queda significativa em 2009, ano que marcou a pior retração econômica e de gastos com tecnologia em décadas.

Ele observou que a taxa anual de crescimento composta do lucro por ação da companhia nos últimos cinco anos foi de quase metade da taxa que a Intel espera agora.

"Então estamos essencialmente nos comprometendo com uma projeção de que a taxa de crescimento dos lucros dobre, e a uma taxa de crescimento de dois dígitos para a receita da companhia como resultados de todas essas iniciativas", disse Otellini.

A Intel, que fabrica mais de um terço dos microprocessadores de todos os computadores do mundo, fez uma avaliação otimista do mercado de PCs nos próximos anos, mesmo com consumidores interessados cada vez mais em outros tipos de aparelhos como smartphones com conexão à Internet e tablets como o iPad, da Apple.

(Reportagem de Alexei Oreskovic)