Executivos da TV paga apostam em novos modelos para Web e iPad

quarta-feira, 12 de maio de 2010 18:59 BRT
 

Por Yinka Adegoke

LOS ANGELES (Reuters) - O crescimento dos sites de vídeo na Web e de aparelhos móveis para vídeo como o iPad, da Apple, criará oportunidades tanto para redes de televisão quanto para distribuidoras de sinal, afirmaram executivos do setor de TV paga em evento nos Estados Unidos nesta quarta-feira.

Os executivos não concordaram que seus negócios estão ameaçados pela evolução da indústria, mas todos disseram que é necessário desenvolver modelos de negócios lucrativos para sustentar seus planos.

Mas, por enquanto, os chefes das principais companhias de TV paga dos EUA estão mais preocupados em ampliar o interesse de consumidores por seus atuais produtos do que em arriscar reinventar o setor da noite para o dia.

O presidente-executivo da Comcast, Brian Roberts, apresentou no evento seu novo aplicativo para o iPad, Xfinity TV, que permite que usuários controlem seus serviços de TV paga de qualquer lugar.

Mas a Comcast ainda não oferece seu serviço diretamente no aparelho, embora Roberts tenha sinalizado a possibilidade disso em entrevista nos bastidores do evento Cable Show.

Ele disse ainda que a Comcast está negociando o uso do Xfinity TV em aparelhos móveis de outras marcas como os que usam o sistema operacional Android, do Google.

As empresas de TV paga também buscam oferecer um modelo mais flexível ao assinante, que cada vez mais assiste e compartilha vídeos do YouTube com amigos na Internet, pelo Facebook e pelo Twitter, entre outros.

Para o presidente-executivo da Time Warner, Jeff Bewkes, a infraestrutura de banda larga das empresas do setor permite que liderem o movimento para disponibilizar conteúdo para o consumidor na hora que quiser --serviço conhecido como "vídeo on demand".