Receita publicitária cresce, mas lucro do UOL cai 36% no 1o tri

sexta-feira, 14 de maio de 2010 10:58 BRT
 

SÃO PAULO, 14 de maio (Reuters) - O portal e provedor de acesso à Internet UOL encerrou o primeiro trimestre com um lucro líquido de 23,5 milhões de reais, queda de 36 por cento em relação a igual período do ano anterior.

Segundo a companhia, se eliminados efeitos não recorrentes, o lucro do período apresentou queda de 4 por cento.

A receita com publicidade e outros itens foi de 120,9 milhões de reais, alta de 37 por cento contra igual período no ano anterior. A receita com assinaturas ficou praticamente estável, em 131 milhões de reais.

A geração de caixa medida pelo Ebitda foi de 40,2 milhões de reais, uma queda de 6 por cento ante os três primeiros meses de 2009. Sem incluir os eventos não recorrentes o Ebitda cresceu 31 por cento.

O número total de assinantes teve ligeira queda de 1 por cento, para 1,784 milhão de usuários. O recuo "foi mais que compensado pelo crescimento do ticket médio, o qual foi resultante da maior oferta de produtos e serviços aos assinantes", afirma a companhia no balanço.

Do total da base de assinantes, 1,3 milhão é clientes de acesso rápido à Internet, representando um crescimento de 8 por cento sobre o volume de março de 2009.

O custo dos serviços prestados aumentou 34 por cento, para 57,8 milhões de reais, enquanto as despesas com vendas cresceram 7 por cento, para 45,1 milhões de reais.

A empresa afirma que o tempo médio de cada visitante em suas páginas foi de 1 hora e 17 minutos em março, avanço ligeiro de 1 por cento sobre o mesmo mês de 2009. Enquanto isso, o número de visitantes únicos teve alta de 16 por cento, para 19,84 milhões.