Vendas de PCs crescem 23% no 1o trimestre, diz Abinee

sexta-feira, 14 de maio de 2010 11:43 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As vendas de computadores pessoais no mercado brasileiro entre janeiro e março somaram 2,89 milhões de unidades, um aumento de 23 por cento em relação a igual período do ano anterior, afirma levantamento encomendado pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee).

De acordo com o estudo realizado pela consultoria IT Data, o aumento foi puxado principalmente pela alta de 17 por cento no segmento corporativo, que apurou vendas 17 por cento maiores, ou 1,154 milhão de computadores.

Para o ano, a Abinee prevê vendas de 14 milhões de PCs, uma alta de 17 por cento contra 2009. Já para 2011, a expectativa é de crescimento de 12,85 por cento, para 15,8 milhões de máquinas.

"Havia, no ano passado, a expectativa de que os desktops perdessem participação para os notebooks no mercado total de PCs. Porém, em função da preferência do mercado corporativo pelos desktops, a comercialização dos produtos fechará 2010 praticamente em igualdade: 7,05 milhões de computadores de mesa contra 6,95 milhões de portáteis.

Do total comercializado no primeiro trimestre, 1,536 milhão foram de modelos desktop, com os notebooks/netbooks registrando 1,362 milhões de unidades, um crescimento de 70 por cento ante o ano anterior.

(Reportagem de Rodolfo Barbosa)

 
<p>Internautas participam da "Campus Party" em S&atilde;o Paulo. As vendas de computadores pessoais no mercado brasileiro entre janeiro e mar&ccedil;o somaram 2,89 milh&otilde;es de unidades, um aumento de 23 por cento em rela&ccedil;&atilde;o a igual per&iacute;odo do ano anterior, afirma levantamento encomendado pela Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira da Ind&uacute;stria El&eacute;trica e Eletr&ocirc;nica (Abinee).27/01/2010.REUTERS/Paulo Whitaker</p>