Paris tenta impedir festa etílica nos jardins da Torre Eiffel

sexta-feira, 14 de maio de 2010 18:06 BRT
 

PARIS (Reuters) - A prefeitura de Paris tenta impedir a realização de uma grande festa etílica organizada pela Internet nos jardins da Torre Eiffel, depois da morte, na quinta-feira, do participante de um evento com 10 mil pessoas no oeste da França.

Essa foi a primeira morte registrada nos chamados "aperitivos do Facebook" --grandes congraçamentos regados a álcool, ao ar livre, popularizados no país nos últimos seis meses graças a essa rede social.

O fenômeno surgiu em novembro, em Nantes, do oeste do país, e rapidamente se espalhou para outras cidades, especialmente nas últimas semanas.

O "aperitivo" parisiense estava marcado para 23 de maio. Um grupo do Facebook já tinha 15 mil inscritos para o evento, o maior planejado até agora na França, segundo o jornal Le Parisien.

O evento foi retirado do site depois de a polícia ter avisado o organizador sobre as consequências de realizar eventos ilegais, como uma pena máxima de até seis meses de prisão e multa de 7.500 euros.

Essas festas costumam virar bebedeiras desenfreadas, e a polícia disse que o rapaz que morreu na quinta-feira em Nantes estava alcoolizado quando caiu de cabeça de uma ponte.

(Reportagem de Clément Guillou e John Irish)