Itália investiga serviço Street View do Google

quarta-feira, 19 de maio de 2010 12:03 BRT
 

MILÃO (Reuters) - A Itália iniciou uma investigação do serviço Street View, do Google, afirmou um órgão regulador local nesta quarta-feira após o anúncio de que o grupo norte-americano havia acidentalmente recolhido dados pessoais através de redes sem fio.

O Google anunciou na semana passada que sua frota de carros, que durante anos vem fotografando ruas ao redor do mundo, tinha acidentalmente recolhido informações pessoais --que um especialista em segurança disse poder incluir mensagens de email e senhas.

O órgão regulador de privacidade na Itália disse que iria verificar se a empresa tratou corretamente os dados adquiridos pelo Street View, que permite aos usuários ter uma visão de 360 graus das ruas da cidade usando fotografias tiradas por veículos do Google.

O regulador disse ainda que o Google Itália admitiu ter coletado imagens, mas também "os dados relativos à presença de redes sem fio..., bem como comunicações eletrônicas, eventualmente transmitidas pelos usuários através de redes sem fio desprotegidas".

Procurado para comentar o assunto, um porta-voz do Google Itália referiu-se ao comunicado de sexta-feira, em que a companhia diz estar contatando reguladores nos países afetados para discutir como eliminar os dados, que o grupo disse nunca ter utilizado.