Nokia e Yahoo fazem acordo em serviços móveis de mapas e e-mail

segunda-feira, 24 de maio de 2010 16:08 BRT
 

HELSINQUE (Reuters) - Yahoo e Nokia anunciaram nesta segunda-feira uma parceria que busca ampliar suas ofertas de serviços de Internet móvel, em esforço para reconquistar participação de mercado perdida para rivais como Apple e Google.

A partir do segundo semestre, o Yahoo será o fornecedor exclusivo de serviços de e-mail para os celulares da Nokia, enquanto a empresa finlandesa vai fornecer de modo exclusivo mapas e serviços de navegação para o Yahoo.

A Nokia é líder em celulares em muitos mercados emergentes, mas tem enfrentado dificuldades para crescer na América do Norte. O presidente-executivo da companhia, Olli-Pekka Kallasvuo, afirmou que a parceria com o Yahoo ajudará a empresa a competir melhor nos Estados Unidos.

"Localização, mapas e navegação receberão mais atenção nos EUA e muitos mais usuários no mercado norte-americano", disse Kallasvuo. "Este é um passo que estamos dando para fortalecer nossa posição nos EUA."

O papel de serviços móveis de Internet tornou-se muito mais relevante desde que Apple e Google entraram no mercado celular, forçando empresas tradicionais como Nokia e Samsung a correrem para melhorar a oferta de produtos.

A Nokia investiu mais de 10 bilhões de dólares em poucos anos para construir uma nova oferta de serviços de Internet, que vai de e-mail a música, mas até agora os esforços da companhia renderam poucos usuários pagantes.

De maneira similar, o Yahoo tem menos mercado em comparação com o Google, cujo sistema operacional Android para celulares é usado por muitos fabricantes como Motorola e HTC.

"Alguém poderia dizer que a parceria de perdedores não produz um vencedor", disse Pierre Ferragu, analista da Bernstein Research. "Normalmente é verdade, mas para a Nokia o caminho certo no futuro passa por estabilização de sua posição atual e ser bem-sucedida no jogo das plataformas móveis", acrescentou.

A presidente-executiva do Yahoo, Carol Bartz, afirmou que a companhia não investiu de maneira suficiente em mapas e espera que a parceria com a Nokia ajude a empresa a avançar. "O Yahoo perdeu seu foco em mapas há alguns anos", afirmou a executiva.   Continuação...