Embarques de notebooks crescem 43% no 1o trimestre--pesquisa

terça-feira, 25 de maio de 2010 09:20 BRT
 

LONDRES (Reuters) - Os embarques de notebooks saltaram 43 por cento no primeiro trimestre, o maior crescimento anual em oito anos, impulsionado pela demanda dos consumidores por netbooks, afirmou a empresa de pesquisa de tecnologia Gartner nesta terça-feira.

O preço médio de venda caiu 16 por cento, para 732 dólares, com muitos consumidores optando por netbooks de baixo custo --mini-notebooks com menos atributos-- em vez de laptops mais sofisticados. As vendas totais de notebooks cresceram 21 por cento, para 36,1 bilhões dólares.

A Hewlett-Packard permaneceu como a maior vendedora, com 19,2 por cento do mercado, mas a segunda colocada Acer reduziu a diferença, aumentando seus embarques em 48 por cento, ficando com uma fatia de 18,5 por cento.

A taiwanesa Asustek, pioneira no segmento de netbooks com o Eee PC, mais que dobrou as vendas e ficou com 8,8 por cento do mercado, em quinto lugar depois da Dell, a terceira colocada, e da Toshiba, em quarto lugar.

"Os mini-notebooks responderam por grande parte do aumento nas remessas de PCs portáteis no primeiro trimestre de 2010, com crescimento de 71 por cento", afirmou o principal analista da Gartner, Mikako Kitagawa.

"No entanto, a participação de mini-notebooks desacelerou em algumas regiões, à medida em que os consumidores começam a entender as limitações do equipamento, especialmente frente à redução de preços agressiva dos notebooks tradicionais", acrescentou Kitagawa, em nota.

A Gartner afirmou ter observado certo aumento na demanda do mercado profissional, que deve acelerar no final do ano e em 2011, conforme as empresas começam a retomar as compras adiadas para substituir equipamentos.

(Reportagem de Georgina Prodhan)