Lenovo retorna ao lucro, mas queda nas margens decepciona

quinta-feira, 27 de maio de 2010 09:18 BRT
 

HONG KONG (Reuters) - A Lenovo, quarta maior fabricante mundial de computadores, retornou ao lucro no quarto trimestre fiscal, favorecida pelo forte crescimento do mercado doméstico na China e pela recuperação da demanda corporativa, mas os ganhos ficaram abaixo das expectativas.

A China continuou a impulsionar grande parte do crescimento da Lenovo, com os consumidores adquirindo PCs e equipamentos eletrônicos estimulados por incentivos econômicos de Pequim. O mercado chinês respondeu por 47 por cento da receita de 16,6 bilhões de dólares da Lenovo no ano fiscal encerrado em março.

Já a margem bruta recuou de 12,1 para 10,8 por cento no ano.

A Lenovo informou que teve um lucro líquido de 12,78 milhões de dólares no quarto trimestre fiscal até março, revertendo o prejuízo de 263 milhões de dólares apurado um ano antes.

O resultado, no entanto, ficou abaixo da estimativa de lucro de 35,5 milhões de dólares, segundo pesquisa da Thomson Reuters com 20 analistas.

"Com o ambiente econômico mostrando sinais de melhora para o mercado de PCs, a Lenovo está confiante de que, com a execução bem sucedida das suas prioridades estratégicas, continuará sendo um forte player no mercado mundial de PCs", afirmou a companhia, em comunicado.