Canon pode superar projeção de lucro operacional para 2010

sexta-feira, 28 de maio de 2010 10:23 BRT
 

Por Melanie Lee

XANGAI (Reuters) - A japonesa Canon, maior fabricante mundial de câmeras digitais, pode superar sua projeção anual de lucro operacional apoiada em vendas robustas, e antecipou que a receita na China pode atingir 10 bilhões de dólares no prazo de sete anos.

No mês passado, a Canon elevou sua projeção de lucro operacional para este ano a 360 bilhões de ienes (4 bilhões de dólares), ante 330 bilhões de ienes anteriormente, mencionando a melhora nas vendas de suas câmeras digitais.

"A empresa deve superar essa meta, impulsionada recuperação da economia e pelas vendas robustas", disse Howard Ozawa, presidente-executivo da Canon na China, em entrevista à Reuters nesta sexta-feira. "Acredito nisso (em superar a meta)".

"Desde o começo do ano, todos os produtos vêm se recuperando, e regiões como Estados Unidos, Japão e Europa, que sofreram bastante durante a crise econômica do ano passado, estão melhorando cada vez mais," disse ele.

Entretanto, a atual projeção da Canon continua abaixo do consenso de 395 bilhões de ienes entre 19 analistas consultados pela Thomson Reuters I/B/E/S.

Ozawa também disse que a incerteza que cerca as economias europeias devido à crise da dívida grega terá impacto mínimo sobre os negócios da empresa.

No momento, a presença da Canon na China é desproporcionalmente mais forte no segmento de câmeras digitais, mas a empresa está tentando expandi-la por meio de pesada promoção de seus equipamentos para escritórios este ano.

Na China, a Canon detém cerca de 21 por cento do mercado de câmeras digitais, em termos de volume, de acordo com cálculos da Canon China.

Ozawa estima que a China deva contribuir com 10 por cento das vendas do grupo em dois anos, e prevê uma alta anual de 30 por cento em seu lucro operacional no curto prazo.

"Em 2017, a Canon China poderá atingir os 10 bilhões de dólares, mas, devido ao entusiasmo dos consumidores e à forte recuperação econômica na China, temos a esperança de atingir a meta mais cedo," disse Ozawa.