Tecnologia da ARM pronta para uso com Google TV

segunda-feira, 31 de maio de 2010 11:26 BRT
 

Por Baker Li

TAIPEI (Reuters) - A ARM Holdings, companhia britânica de projeto de chips, anunciou na segunda-feira que sua tecnologia está pronta para "TVs Google" e pode estar disponível nesses aparelhos para uso de Internet no ano que vem, se seus parceiros conseguirem desenvolver produtos baseados em seus projetos.

Caso os processadores da ARM possam encontrar lugar nos televisores Google ou modelos semelhantes, a ARM planeja conquistar participação superior a 50 por cento no mercado mundial de decodificadores e televisores digitais, dentro de três a cinco anos, ante os 30 por cento atuais.

"O mercado tradicional de computadores pessoais está mudando. A computação não está morta. Ela continuará, assim como o crescimento e entusiasmo pelas suas novas formas e modelos de negócios, e evidentemente a TV é um exemplo disso," disse Tudor Brown, presidente da ARM, à Reuters.

"Estou muito confiante em que teremos um processador em larga porcentagem desses televisores, dentro de alguns anos," disse Brown em entrevista em Taipei antes do início da Computex, a segunda maior feira mundial de computadores.

"Já estamos quase lá, este ano. Na verdade não nós, mas os nossos parceiros. Pessoas como a TI, ou Nvidia, ou Samsung," acrescentou.

"Temos a capacidade tecnológica básica para o serviço. Os produtos da ARM são rápidos o bastante para isso, mas a questão é o que as companhias de semicondutores desejam produzir."

No começo do mês, o Google, líder das buscas na Web, divulgou uma arriscada tentativa de unir Web e televisão, para aproveitar o mercado mundial de publicidade televisiva, que movimenta 70 bilhões de dólares anuais, um sonho que se provou impossível até mesmo para a grande rival Apple.

O Google está trabalhando em parceria com a Sony e Intel, em seu projeto de televisão.

A chave para o Google TV é uma área de busca disponível na tela do televisor que funcionará como o site do Google, e usará seu serviço de busca para procurar por programas ao vivo, gravações em vídeo digital e vídeos na Web, oferecendo uma lista relativamente compacta de retornos que poderão ser acessados com por meio de um botão.