Intel revela novos chips Atom para netbooks

terça-feira, 1 de junho de 2010 09:40 BRT
 

Por Baker Li

TAIPÉ, 1o de junho (Reuters) - A Intel anunciou na terça-feira planos para novas versões de processadores Atom, que têm baixo consumo de energia e são mais usados em netbooks e tablets. A meta é um rápido crescimento nesses segmentos.

Os novos chips "Pine Trail" e "Oak Trail" da família Atom, anunciados durante a Computex, em Taiwan, serão otimizados para projetos de tablets e netbooks. A Intel promete redução média de 50 por cento no consumo de energia em situações de reprodução de vídeo HD e que os chips "Oak Trail" estarão disponíveis em 2011.

Mais de 50 milhões de netbooks equipados com chips Intel foram vendidos nos dois últimos anos e a companhia prevê volume semelhante de vendas nos dois próximos anos. Os processadores Atom encontraram espaço em netbooks vendidos por fabricantes como Asustek Computer e Acer, ambos de Taiwan.

"Com certeza 50 milhões ou mais nos dois próximos anos", disse Matthew Parker, gerente geral da divisão de clientes Atom da Intel. "Nós assumimos um compromisso para com a computação em dimensão reduzida que os netbooks oferecem e estamos otimistas quanto à oportunidade de crescimento nesse segmento", disse o executivo à Reuters. "Os tablets são uma oportunidade adicional", acrescentou.

O grupo de pesquisa Gartner prevê que as vendas de notebooks reduzidos crescerão em cerca de 30 por cento este ano, mas acrescentou que o crescimento deve se reduzir com o ganho de popularidade de tablets como o Apple iPad.

A Intel, que fabrica os microprocessadores usados em mais de 75 por cento dos computadores mundiais, projeta dobrar o crescimento de sua receita nos próximos anos.

A empresa também planeja expandir a presença de seus chips para além dos computadores pessoais, atingindo segmentos como os de celulares inteligentes e televisores.

A Intel está cooperando com o Google e a Sony em um aparelho que permitirá acesso à Internet via televisor e será equipado com processadores Atom.