Depois de dominar varejo, iPad ocupa mercado empresarial na Ásia

quarta-feira, 9 de junho de 2010 10:16 BRT
 

Por Miyoung Kim

SEUL (Reuters) - O iPad, da Apple, inicialmente visto como ferramenta para diversão pessoal na Web, está rapidamente ganhando espaço em empresas asiáticas, à medida em que organizadores de casamentos, hotéis de luxo e companhias de aviação passam a adotar o computador tablet.

A Apple vendeu mais de 2 milhões de iPads desde que o aparelho estreou nos Estados Unidos, em abril. A empresa teve de adiar o lançamento internacional do produto devido à dificuldade em atender a demanda pelo produto, que foi bem recebido para acesso a vídeos e jogos, leitura de livros eletrônicos e navegação na Web.

"A forte adoção na Ásia significa que o iPad pode se tornar outra fonte significativa de receita para a Apple, e não só na Ásia, já que a diversidade de aplicativos de que o iPad dispõe tornaria possível a empresas oferecer experiências personalizadas a seus clientes," disse Lee Chae-gi, diretor de pesquisa do Gartner, em Seul.

Cerca de 60 por cento da receita da Apple é proveniente de fora dos Estados Unidos. A companhia conta com uma base de adeptos que já possui iPods, iPhones e computadores Mac, para agora adicionar o iPad às coleções, enquanto rivais preparam o lançamento de tablets concorrentes.

A Novarese, companhia japonesa de serviços para casamentos, adotou o iPad para ajudar clientes a escolher vestidos de noiva em sua principal loja, no distrito comercial de Ginza, em Tóquio, e planeja adotar o equipamento em sete outras lojas e em seus salões de festas.

A empresa utiliza o iPad para mostrar aos clientes vídeos com modelos usando os vestidos, facilitando a visualização de detalhes.

"No passado consideramos a possibilidade de mostrar os vídeos às clientes em laptops, mas eles são pesados. O iPad atende perfeitamente a nossa demanda," disse Kazuka Nohara, porta-voz da companhia. "Também descobrimos algo de inesperado: os noivos agora estão participando mais ativamente da escolha dos vestidos de casamento."

Já a rede de hotéis InterContinental está equipando suas recepções em cidades como Hong Kong, Londres e Nova York com iPads, para que os hóspedes tenham acesso a recomendações de restaurantes e espetáculos, e a vídeos sobre atrações locais.

 
<p>Steve Jobs fala sobre o iPad em San Francisco. O iPad, da Apple, inicialmente visto como ferramenta para divers&atilde;o pessoal na Web, est&aacute; rapidamente ganhando espa&ccedil;o em empresas asi&aacute;ticas, &agrave; medida em que organizadores de casamentos, hot&eacute;is de luxo e companhias de avia&ccedil;&atilde;o passam a adotar o computador tablet.07/06/2010.REUTERS/Robert Galbraith</p>