Programa permite que estudantes façam provas em casa

quarta-feira, 9 de junho de 2010 10:30 BRT
 

LONDRES, 9 de junho (Reuters) - Estudantes britânicos poderão em breve ter a oportunidade de fazerem provas da faculdade em seus próprios quartos, em qualquer momento do dia, sem poderem colar.

A empresa norte-americana Software Secure desenvolveu um programa projetado para assegurar que os estudantes sejam honestos enquanto fazem a prova, vigiando e restringindo o acesso a qualquer material suspeito.

O programa primeiramente trava o uso de todos os arquivos e acesso à Internet, exceto os especificados para que o exame seja feito.

Então ele pede um reconhecimento de impressão digital para certificar que o candidato é a pessoa correta e usa gravação de áudio e vídeo para assegurar que o estudante está em condições de fazer prova durante todo o período.

A empresa diz em seu site que "traz a sala de prova para a era do computador, tornando o exame menos estressante para os estudantes, faculdades e administradores".

Pelo menos uma faculdade na Grã-Bretanha, a University of Wales Institute, está experimentando o sistema e outras podem seguir o caminho. Diversas universidades nos Estados Unidos já usam o sistema.

A associação nacional dos estudantes recebeu com certa cautela a nova ideia.

"Seria uma solução para problemas enfrentados por pessoas com dificuldades de chegar ao campus da universidade para exames", disse um porta-voz. "Contudo o recurso não pode ser usado como desculpa para reduzir custos ao diminuir o contato dos estudantes com o ambiente universitário."

A empresa diz que o programa foi projetado para estudantes com empregos em tempo integral, ou para aqueles com filhos e não têm flexibilidade para encontrar um supervisor.