Google critica acordo da Apple com programadores

quarta-feira, 9 de junho de 2010 17:53 BRT
 

SAN FRANCISCO (Reuters) - O Google afirmou nesta quarta-feira que as recentes mudanças no acordo da Apple com programadores de aplicativos para o iPhone vão, efetivamente, tornar inócuas suas ferramentas de publicidade no aparelho, criando barreiras "artificiais" de concorrência.

A Apple alterou palavras no acordo na segunda-feira, de forma que o documento parece proibir que agência de publicidade de terceiros possam coletar dados de uso de aplicativos de iPhone.

Isso prejudicaria agências de publicidade na concorrência com a rede de publicidade que a própria Apple irá lançar em 1o de julho, uma vez que dificulta a criação de anúncios dirigidos.

"Essa mudança não é do interesse do usuário ou do programador", disse em seu blog Omar Hamoui, fundador da empresa de publicidade móvel AdMob, recentemente comprada pelo Google.

Hamoui afirmou que o Google irá protestar a medida da Apple, que não quis comentar as alterações no acordo.

"Barreiras artificiais contra a concorrência prejudicam o usuário e o programador e, a longo prazo, impedem o desenvolvimento tecnológico", disse Hamoui.

Recentemente, a AdMob divulgou dados apontando que cerca de um terço de seus anúncios em abril eram para aparelhos tipo iPhone, como iPad e iPod Touch.

(Reportagem de Gabriel Madway)