América Móvil paga US$2 bi a acionistas da Telmex Internacional

quarta-feira, 16 de junho de 2010 12:37 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO (Reuters) - A América Móvil anunciou nesta quarta-feira que pagou 2,12 bilhões de dólares a acionistas da Telmex Internacional que entregaram suas ações como parte do plano do magnata mexicano Carlos Slim de consolidar suas empresas de telecomunicações.

A América Móvil, controlada por Slim, informou que também emitiu 1,35 bilhão de ações a acionistas que optaram por receber títulos em troca de suas participações na Telmex Internacional, que também é controlada por Slim.

Segundo os resultados finais da operação, a América Móvil adquiriu 93,56 por cento da Telmex Internacional, pouco abaixo dos 95 por cento necessários para a retirada da ação da empresa da bolsa mexicana. Nesta semana, o presidente-executivo da companhia afirmou à Reuters que a retirada da ação da bolsa de Nova York é iminente.

A América Móvil controla atualmente 99,44 por cento das ações da Carso Global Telecom, a outra parte do plano de consolidação de Slim.

Reagindo a uma competição mais dura na América Latina, o empresário está transferindo o controle de seus ativos de telefonia na região para a América Móvil para criar uma empresa melhor posicionada para enfrentar a rival Telefónica, que está tentando ficar com o controle da Vivo no Brasil.

Na maior economia da América Latina, a América Móvil detém a segunda maior operadora de telefonia celular do Brasil em número de clientes, a Claro. As empresas de Slim também possuem a Embratel, que opera telefonia de longa distância, e participação na maior operadora de TV a cabo do mercado brasileiro, Net.

(Por Patrick Rucker)