Fabricante de chips Broadcom está de olho no mercado de tablets

quinta-feira, 17 de junho de 2010 18:48 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - A Broadcom, que fabrica chips para o iPad da Apple, espera ver mais tablets com seus chips chegando ao mercado norte-americano, talvez ainda este ano, afirmou um executivo da empresa nesta quinta-feira.

O gerente sênior de marketing da Broadcom, Leo Azevedo, disse que sua companhia está negociando com operadoras nos Estados Unidos sobre o lançamento de tablets.

Ele não quis informar exatamente com quais operadoras estaria trabalhando.

O popular iPad, vendido pelo serviço da AT&T, elevou o interesse em computadores tablet, pressionando concorrentes a correrem atrás do modelo.

Azevedo disse que vê a próxima operadora de telecomunicações a entrar no mercado apresentando novas funcionalidades para o aparelho com aplicações que variam de serviços de vídeos e videoconferências a aplicativos de babá eletrônica e sistemas de segurança para a casa.

Além disso, os novos tablets buscarão liberar as redes de celular sobrecarregadas, permitindo que usuários usem tecnologia sem fio Wi-Fi para navegar e fazer ligações.

Dependendo do chip incluso, o aparelho pode custar entre 70 e 120 dólares para a operadora, segundo Azevedo. Ele afirmou que é barato o suficiente para que as operadores possam oferecê-los a um preço bom ao consumidor, desencorajando-o a mudar de operadora.

"Acho que podem até dar de graça", afirmou, observando que as operadoras poderiam inclusive subsidiar o preço com anúncios de celular.

(Reportagem de Sinead Carew)