Dell negocia com Google utilização do Chrome em notebooks

segunda-feira, 21 de junho de 2010 09:26 BRT
 

Por Melanie Lee

XANGAI (Reuters) - A Dell está negociando com o Google a utilização do sistema operacional Chrome em seus notebooks, afirmou um executivo da companhia nesta segunda-feira.

O Google informou este mês que espera lançar seu sistema operacional Chrome "perto do final do ano," em um movimento para reforçar a competição com o Windows, da rival Microsoft.

O Google está trabalhando com as gigantes Hewlett-Packard, Lenovo, Acer e Asustek para projetar e desenvolver aparelhos equipados com seu sistema operacional.

O sistema operacional Chrome terá como base o navegador de Internet, incluindo software com aplicativos sofisticados para edição de fotos e vídeos, que ficará hospedado em servidores externos, na chamada computação em nuvem.

Embora esteja negociando com o Google a utilização do Chrome em seus laptops, a terceira maior fabricante mundial de computadores ainda não fez um anúncio formal, disse à Reuters o presidente da Dell para China e sul da Ásia, Amit Midha.

"Temos de ter um ponto de vista sobre a direção que o setor e a tecnologia tomarão dentro de dois ou três anos, e por isso trabalhamos continuamente com o Google quanto a isso," disse Midha.

"Haverá inovações únicas chegando ao mercado em dois ou três anos, com uma nova forma de computação. Queremos estar na vanguarda desse processo... por isso, com o Chrome ou Android, queremos ser líderes," acrescentou.

A Dell, que lançará em julho um computador tablet com tela de cinco polegadas chamado "Streak," nos Estados Unidos, espera que o aparelho também esteja disponível na China este ano, embora ainda sem data de lançamento, segundo Midha.

O crescimento da Dell na China deve superar os 15 a 16 por cento anuais previstos pelo mercado para os próximos anos. Em março, o presidente-executivo da Dell disse que a receita da empresa na China ficará perto dos 5 bilhões de dólares este ano.

"Vamos continuar a ganhar participação porque estamos crescendo bem mais rápido que o mercado," disse Midha. De acordo com ele, a atual fatia de mercado detida pela Dell no país asiático é de cerca de 12 por cento.