Base de assinantes de celular cresce 3 milhões no Brasil em maio

quinta-feira, 24 de junho de 2010 12:44 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O número de assinantes de telefonia móvel no Brasil cresceu 1,63 por cento em maio sobre abril, com 2,95 milhões de novos clientes, informou a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta quinta-feira.

Com o desempenho de maio, tradicionalmente forte em vendas pelo Dia das Mães, o Brasil passa a ter 183,71 milhões de assinantes de serviços de telefonia móvel. Foi o segundo melhor maio registrado pela Anatel, inferior somente ao mesmo mês de 2005.

No acumulado de janeiro a maio de 2010, as adesões totalizaram 9,75 milhões, melhor resultado para esse intervalo de cinco meses desde o início das medições pela Anatel, em 2000.

Do total de celulares no país, 151,4 milhões de acessos são pré-pagos (82,4 por cento) e os restantes 32,3 milhões são pós-pagos.

A Vivo, alvo de uma disputa entre as sócias Telefónica e Portugal Telecom, continua na liderança do setor, com 55,6 milhões de clientes no fim de maio e fatia de mercado de 30,25 por cento. Em abril, a Vivo tinha 54,5 milhões de clientes e market share de 30,14 por cento.

A Claro, que pertence à mexicana América Móvil, vem na segunda posição com 46,7 milhões de assinantes em maio e 25,41 por cento do mercado. No mês anterior, a operadora tinha 46 milhões de assinantes, equivalentes a 25,47 por cento do total de acessos móveis no Brasil.

A TIM atingiu a marca de 43,8 milhões em maio, com fatia de 23,84 por cento, seguida pela Oi e seus 37 milhões de clientes, ou 20,15 por cento de market share.

(Reportagem de Rodolfo Barbosa)