Serviço do Google carece de transparência, diz órgão francês

quarta-feira, 30 de junho de 2010 10:53 BRT
 

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS (Reuters) - O órgão regulador antitruste da França acusou o Google de falta de transparência em seu serviço de propaganda baseado em palavras-chave e pediu esclarecimentos das condições pelo produto dentro de quatro meses.

A Autorite de la Concurrence respondia nesta quarta-feira a uma queixa apresentada em fevereiro pela empresa francesa de GPS e dados de smartphone Navx, que alegou que a gigante das buscas online abusou de sua posição dominante ao desfazer o contrato da AdWords com a Navx.

Tais contratos colocam o anunciante pago no topo dos resultados de busca do Google e são a parte central das operações de propagandas online,

"O Google implementou uma política de conteúdo em seu serviço AdWords de uma forma que carece de objetividade e transparência, resultando em um tratamento discriminatório de fornecedores de base de dados de velocidade de câmera", disse o órgão em comunicado visto pela Reuters em Bruxelas.