Poloneses vendem voto em site de leilões

sexta-feira, 2 de julho de 2010 10:04 BRT
 

VARSÓVIA (Reuters) - Os poloneses estão recorrendo ao maior site de leilões do país para vender o seu voto no segundo turno da eleição presidencial, que acontece no domingo.

A venda de votos é ilegal na Polônia, e um porta-voz do site www.allegro.pl disse que as ofertas são removidas assim que aparecem.

"De fato, tais ofertas estão aparecendo no nosso site. Antes do primeiro turno da eleição (em 20 de junho), tivemos 30 delas. Eram removidas porque violam nossas regras e são contrárias à lei polonesa", disse o assessor de imprensa Patryk Tryzubiak, acrescentando que as ofertas continuam aparecendo na campanha para o segundo turno.

Tryzubiak contou que alguns usuários tentam vender outras coisas e oferecem o voto como brinde, o que também viola as regras.

As pesquisas eleitorais indicam uma ligeira vantagem para o centrista Bronislaw Komorowski na disputa contra o conservador Jaroslaw Kaczynski

(Reportagem de Barbara Sladkowska e Dagmara Leszkowicz)