NTT e Panasonic vão adotar protocolo único para videoconferência

segunda-feira, 5 de julho de 2010 17:40 BRT
 

(Reuters) - A Nippon Telegraph and Telephone (NTT) e a Panasonic vão autorizar seus usuários de sistema de videoconferência a se conectarem entre si por meio de um único protocolo para os produtos, disse o jornal Nikkei nesta segunda-feira.

Sob um acordo de parceria assinado recentemente, as companhias também concordam em trabalhar juntas para explorar o promissor mercado de videoconferências, com o objetivo de atingir uma participação combinada superior a 30 por cento no mercado doméstico em cinco anos, disse o jornal.

Neste outono (no Hemisfério Norte), a NTT planeja lançar um sistema de videoconfência em alta definição com preço de 500 mil ienes, que deverá usar o novo protocolo e se conectar por meio da próxima geração de fibra ótica da empresa.

A Panasonic, que iniciou as vendas do seu sistema de videoconferência de alta definição no último outono, irá torná-los combatíveis com os sistemas de nova geração da NTT, que é mais confiável que as conexões convencionais de internet.

A NTT espera gerar mais de 30 bilhões de ienes anuais em vendas globais de sistemas de videoconferência até 2015, enquanto a Panasonic espera aumentar em várias vezes o número de transferências desses sistemas, que foi de 130 unidades no ano passado, disse o jornal japonês.

Nos últimos quatro anos, o mercado doméstico para estes sistemas dobrou para 20,7 bilhões de ienes em 2009, segundo estimativas da indústria, e após a inclusão destes novos produtos, o mercado deverá crescer para 100 bilhões de ienes em 2015.

(Por Divya Sharma)