Telefónica busca 8 bilhões de euros em empréstimos--fontes

terça-feira, 6 de julho de 2010 15:01 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A espanhola Telefónica está buscando 8 bilhões de euros em empréstimos sindicalizados para parcialmente financiar a oferta pela participação da Portugal Telecom na operadora móvel brasileira Vivo, disseram profissionais de bancos nesta terça-feira.

Cerca de 5 bilhões de euros do novo empréstimo seriam direcionados a financiar a aquisição da fatia na Vivo, enquanto os demais 3 bilhões de euros iriam para o refinanciamento de dívidas existentes, disseram fontes.

A linha de crédito de 3 bilhões de euros de refinanciamento reduzirá os custos de carregamento da dívida pela Telefónica, mas os juros cobrados terão um leve prêmio em relação a outros tomadores com rating similar à Telefónica na região, disseram duas das fontes.

Um porta-voz da Telefónica se recusou a comentar o assunto.

Lisboa usou na semana passada sua ação especial da Portugal Telecom (golden share) para vetar a venda da Vivo à Telefónica, apesar de a maioria dos acionistas do grupo português em assembleia ter se manifestado em favor do negócio.

A Telefónica se dispôs a pagar 7,15 bilhões de euros por metade da Brasilcel, holding que controla a Vivo e que é compartilhada pelos espanhóis com a Portugal Telecom.

Um tribunal europeu vai decidir no dia 8 sobre a legalidade do uso de golden share por países dentro da União Europeia.

A Telefónica estendeu o prazo de sua oferta aos portugueses até 16 de julho.

(Reportagem de Alasdair Reilly e Zaida Espana)