Apple abrirá 2a loja própria na China no sábado

quinta-feira, 8 de julho de 2010 11:28 BRT
 

XANGAI, 8 de julho (Reuters) - A Apple abrirá no sábado a segunda loja própria na China, no centro financeiro de Xangai, informou a companhia nesta quinta-feira.

"Estamos entusiasmados em abrir a primeira de muitas lojas nesta localização incrível na China", disse o vice-presidente sênior de varejo da Apple, Ron Johnson.

A segunda loja de venda direta da empresa está localizada próxima ao famoso edifício Oriental Pearl Tower, em Xangai.

A Apple abriu sua primeira loja na China em 2008, em Pequim. Atualmente, os produtos da companhia são comercializados no país asiático por meio de revendedores.

A fabricante do iPhone e do iPad enfrenta um mercado cauteloso em relação a preços. Em decorrência da demora para que os produtos da Apple cheguem à China, consumidores recorrem ao mercado negro, onde obtêm equipamentos roubados ou falsificados.

O presidente do conselho do grupo Lenovo, Liu Chuanzhi, afirmou no início deste mês que a Apple estaria perdendo a oportunidade de se expandir na China.

A chinesa Unicom é a única operadora a comercializar o iPhone no país, embora rivais como a China Mobile já tenham expressado interesse em vender o aparelho.

A Apple planeja ter 25 lojas de venda direta na China até o final de 2011. Executivos da companhia disseram em abril que o mercado chinês é considerado como uma grande oportunidade de crescimento.