Embarques globais de computadores saltam 22% no 2o tri, diz IDC

quinta-feira, 15 de julho de 2010 09:35 BRT
 

SAN FRANCISCO, 15 de julho (Reuters) - As vendas mundiais de computadores cresceram mais de 20 por cento no segundo trimestre impulsionadas pela forte demanda corporativa e do mercado europeu, mostram dados divulgados na quarta-feira pela empresa de pesquisas IDC.

Os embarques no período entre abril e maio saltaram 22,4 por cento, segundo a IDC. A empresa de pesquisa Gartner divulgou previamente que o aumento foi de 20,7 por cento no mesmo intervalo.

A demanda por computadores pessoais superou as estimativas, segundo a IDC, conforme as companhias buscaram substituir equipamentos antigos.

Além disso, na Europa, as vendas foram favorecidas pelo cenário saudável tanto corporativo quanto do varejo. O resultado das vendas nos Estados Unidos --onde os embarques subiram 12,6 por cento-- e na região Ásia Pacífico ficaram um pouco abaixo das expectativas.

"O mercado de PCs permanece robusto, e em uma fase de recuperação, apesar dos desafios de uma maior recuperação da economia, como a desaceleração da criação de empregos e uma perspectiva mais conservadora para Europa e Ásia", afirmou o analista da IDC Jay Chou, em nota.

A Gartner, por sua vez, informou que as vendas de computadores portáteis de baixo custo diminuíram de forma significativa em meio à concorrência com o iPad, da Apple.

"O aumento da popularidade do iPad temporariamente canibalizou as vendas de mini-notebooks e notebooks aos consumidores", afirmou Mikako Kitagawa, analista da Gartner, em nota à imprensa. "Ainda não é certo se essa canibalização irá continuar com o atual nível de preços dos computadores tablet".

A Hewlett-Packard permaneceu na primeira posição mundial em vendas de computadores, mas sua participação de mercado recuou em 1,6 ponto percentual, a 18,1 por cento, segundo a IDC.

Os embarques da Dell aumentaram em 19,1 por cento e a companhia retornou à segunda colocação no ranking global, superando a Acer, embora ambas tenham perdido participação de mercado.   Continuação...